sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

EU E A POESIA



Aqui estou despida de mim mesma
Entregue a estes versos, à poesia,
E sem qualquer pudor, sem heresia,
A macular papéis da branca resma...

Aqui sou alma em forma de soneto,
Que tange a lira sem receio, medos,
A rabiscar os versos, seus enredos,
A desvelar meu lado mais secreto!

Somente a poesia a mim me abeira,
E aceito, sem pudor, os seus convites
Expondo os sentimentos meus imersos...

Despida e nua aqui estou inteira
A tudo exposta, sem quaisquer limites,
A transmutar minh’alma nestes versos...

2 comentários:

Lillyando disse...

Belo belo belo...parabéns!

Maria Rita disse...

Essa nudez que o que os poemas nos expõe é vital para estes nossos dias de máscaras, título e posições. Em um poema ouvimos a nossa essência e nos banhamos de verdades.

Beijos...

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).