POR QUE POESIA RETRÔ?



"When in eternal lines to time thou grow'st,  
So long as men can breathe or eyes can see,
So long lives this, and this gives life to thee"
 William Shakespeare



   Poesia Retrô  é um grupo de revivalismo literário  fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos  e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

 * Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).


PERGUNTAS FREQUENTES:


1- O QUE É POESIA RETRÔ?

Trata-se de um grupo literário virtual fundado em 2009 e dirigido por Gabriel Rübinger e Rommel Werneck. O grupo conta com aproximadamente 23 poetas de vários estados brasileiros. Tem por objetivo realizar releituras literárias.


2- O QUE É ESTE QUADRO DA CAPA? POR QUE ESTE QUADRO?

O Autoretrato de Albrecht Dürer com luvas (1498) é uma das glórias do Renascimento e assim como os renascentistas temos por objetivo renascer o passado. 


3-  ENTÃO, POESIA RETRÔ É UM GRUPO DE POETAS QUE ESCREVEM "COM MÉTRICA"?

Todas as poesias possuem métrica, este é um elemento básico da poesia, portanto, julgar que versos livres não possuem métrica seria o mesmo que julgá-lo inferior. A diferença da métrica está em versos livres, isométricos e heterométricos. Cada um destes três grupos também possui suas infinitas possibilidades.

O que acontece é que o grupo tem preferência por versos isométricos (regulares, a mesma quantidade de sílabas próprio para formas fixas convencionais). Há belos poemas em versos livres no blog, mas são poucos. Além do mais, preferimos sonetos verdadeiramente sonetos.

O fato de alguns membros serem contrários ao verso livre não representa a opinião geral do grupo, somos diversos!


4 - O QUE SÃO AS RELEITURAS LITERÁRIAS?

São criações fortemente inspiradas no Passado, utilizamos a metodologia de reler uma poesia clássica de uma determinada escola literárioa e realizar uma intertextualidade ou mesmo uma reconstrução. É por tal razão que estudamos escolas literárias, temos contato e utilizamos arcaísmos, segunda pessoa do singular e segunda pessoa do plural e o contato com a poesia sacra, entre outras características e detalhes. 


5- VOCÊS POSSUEM LIVROS PUBLICADOS?


Temos o I E-Book de Poesia Retrô publicado em pdf em junho de 2009 sob a organização de nossos diretores. Em março de 2010, Rommel Werneck realizou a I Exposição de Poesia Retrô no Centro Cultural Jabaquara contendo diversos poemas do blog. Atualmente, estamos confeccionando nosso primeiro  livro impreso, ainda um humilde projeto.



6- O QUE SÃO FORMAS FIXAS?


São formas poéticas com caracteristicas pré-determinadas como estrofes, métricas e temas específicos. As mais conhecidas são: soneto, rondel, rondó, triolé, ghazal, hai-cai, tanka, limerick, sextina, terza rima, retranca, indriso, plêiade, fib etc

Poesia Retrô deseja escrever, conhecer, pesquisar e propagar tanto as formas fixas clássicas (soneto, sextina, ghazal etc) como as contemporâneas (plêiade, indriso, retranca etc)


7- COMO POSSO FAZER PARTE DO GRUPO?


Basta enviar:

- minibiografia literária com foto ou avatar (vide a seção Ilustre Plêiade) contendo seus links literários
- uma seleção de poemas dentro da proposta

para gabrielrbetti@gmail.com aos cuidados de Gabriel Rübinger


8- EU POSSO MANDAR POEMAS, MAS NÃO PARTICIPAR PLENAMENTE?


Sim, o procedimento é similar. Basta enviar seus poemas, nome e links sem a minibiografia





POESIA RETRÔ 

POESIA DE SEMPRE PARA SEMPRE 
www.poesiaretro.blogspot.com 

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).