sábado, 20 de junho de 2009

Camille Claudel




Tive na vida o dom concedido
Àqueles espíritos que nasceram pr'arte
Tive em mim um sonho perdido,
Uma cruz levada em toda parte.
Tive na vida ódio, paixão e loucura
Mais dor do que alguma alegria
E o amor que imprimi na escultura,
Repousa comigo na lápide fria.
Tive em vida pouco reconhecimento
Se me lembram, é no eterno sono
Que ninguém vem por um momento
Coroar de rosas o meu abandono.
O que mais tive na vida? Somente o pranto...
Ah, se tive mais, já não o sei dizer!
Como Werther, que amou muito, amou tanto,
Por Rodin, também me vi morrer!



3 comentários:

Rommel Werneck disse...

Aplausos! Poema de e-book!

Gabriel Rübinger disse...

Aplausos de pé.

Edir Pina de Barros disse...

Li tudo que aqui depositaste. Amei seu estilo, Seus textos são belíssimos. Edir

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).