segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

CANTO DE AGONIA!

Como se eu fora a branca e cheia lua
distante e só olhando para a terra,
mirando seus planaltos, rios, serras,
os mares, lagos, sua pele nua...

Como se eu fora a lua espio tudo,
seu ventre, veias, corpo, a mata sua,
a sua essência e tudo que possua...
E aos poucos tudo, tudo assim desnudo!

Oh! Gaia-mãe! Tristonha é a tua sorte!
Toda sangrada estás por mãos tão brutas,
teus rios, vales, matas, tuas grutas...

E aos poucos, sem que vejas, tu transmutas!
E já não és perene mãe, tão forte...
De longe espio e assisto a tua morte!

6 comentários:

Rommel Werneck disse...

Belíssimo texto. Aplausos!

Mônica disse...

q poesia linda, adorei, muito romantica e cheia de sentimentos, parabens!!!!

Vinícius F. Magalhães disse...

Discorre muito bem sobre a Gaia-Mãe Terra. Fechou com chave de ouro, soube utilizar os substantivos para adequar ao soneto. A habilidade de sonetar é para poucos. Gostei!

Anônimo disse...

ótima poesia, ecos simbolistas, rimas ricas e uma exelente ponte entre a situação ecológica atual e a mitologia.

Daniel Teixeira disse...

Exmo(a). Senhor(a)

O jornal Raizonline (http://www.raizonline.com) assenta na colaboração voluntária, neste momento de cerca de uma centena de autores. Tal como faz parte do seu estatuto temos uma relação forte com o mundo dos Blogs: os nossos autores, se o desejarem, podem ter referências pessoais nos seus trabalhos, tal como Blogs que possuam, actividade que exerçam ou inserção dos seus mails para contacto.

Estamos neste momento a lançar a primeira parte de uma nova iniciativa destinada a estreitar mais a nossa relação com a blogosfera, procedendo à selecção por votação dos blogs mais relevantes pelo que solicitamos que nos informem se estão na disponibilidade e interesse em pertencer à lista que será submetida a votação.

Melhores cumprimentos

Daniel Teixeira

raizonline@raizonline.org

http://www.raizonline.com

Anaphylaxxya disse...

Destaco a poesia quase-metafísica.

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).