quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

LUTO


Minha foto com o escritor em 2004 na Academia de Letras da Grande São Paulo,
em São Caetano do Sul numa das várias tardes de quarta-feira em que me encontrava com seu presidente fundador patra as aulas.




EM LUTO pelo falecimento do gigante



RINALDO GISSONI
Fundador da Academia de Letras da Grande São Paulo


Requiescat in pace






RINALDO GISSONI






Nasceu em 15 de abril de 1916, em São Paulo, capital. Faleceu em 06 de novembro de 2010 em Santo André, São Paulo, aos 94 anos.
Casou-se com Antonieta A. Puttini Gissoni com quem viveu por 67 anos. Teve com ela cinco filhos: Maria Guaraciaba Gissoni Fenicio, Maria Guaraciema Gissoni Beber, Mário Ubirajara Gissoni, Rinaldo Ubiratan Gissoni e Celso Irapuan Gissoni. Oito netos e quatro bisnetos.


Médico Veterinário, Farmacêutico e Advogado, mas, antes de tudo, romancista, contista e poeta, enfim, um literato.


Ainda estudante, em Pouso Alegre onde morava, já demonstrando sua paixão pelas letras, fundou, os periódicos O Futurista – de caráter literário e O Veterinário – de caráter científico, e o Centro Literário Joaquim Queiroz Filho.


Durante a segunda guerra mundial, foi convocado como Oficial, para o serviço ativo do Exército, quando prestou serviços na então Zona de Guerra Nordeste-Este, recebendo, pela sua cooperação ao esforço de guerra do Brasil, a Medalha e Diploma de Guerra.


Regressando à vida civil, ingressou no Ministério da Agricultura, sendo locado em Joaçaba, Santa Catarina, como Inspetor Federal na Área Sanitária onde fundou, com Raul Pereira, o Joaçaba Jornal.


Em l952, foi transferido para exercer a Inspeção Federal na região do ABC, onde, a bem da verdade, começou a Clínica Veterinária.
Em Agosto de 1981, depois de diversas tentativas frustradas, fundou, em São Bernardo do Campo - SP, com o apoio do Dr. Walker da Costa Barbosa e outros literatos do ABC, a Academia de Letras da Grande São Paulo, que em l988 foi transferida para São Caetano do Sul-SP. Ali obteve a sua sede oficial, hoje, instalada no Complexo Educacional Fundamental da Cidade, onde atende àqueles que têm interesse pela Literatura. A Entidade foi considerada de “utilidade pública” pelo Decreto nº 767/91 de 03-04-1991. Rinaldo Gissoni foi seu Presidente por vinte e seis anos.


Sua Obra é extensa e consiste de muitas poesias e crônicas publicadas em diversos jornais do País. Tem, também, trabalhos de pesquisa de fundo técnico-científico no campo da Medicina Veterinária. Autor de várias obras, muitas ainda inéditas, já dentro da Nova Ortografia entre elas, a reedição de “Os Mistérios da Montanha” (com novos contos), Poesias (ainda sem título), “O Teatro do Efêmero” – peças teatrais, prontos para publicação. “Memórias sem Retoque” – inacabado e Poesias (ainda sem título).






Obras publicadas:




DIMENSÕES HUMANAS –contos – 1976
BRUMAS – poemas - l981
PEDESTAL INACABADO – romance – l983
OS MISTÉRIOS DA MONTANHA – contos – 1989
O ENÍGMA ROSÂNGELA – romance - l993
IRISAÇÕES FINAIS – poesia – 2000
BRAÇOS ABERTOS – romance – 2003
O ELEMENTO RAM – policial – 2007
ALÉM DAS TREVAS – contos – 2009 – a ser lançado in memorium




Biografia por Maria Guaraciaba Gissoni Fenicio








6 comentários:

Lord Rommel Werneck disse...

Vou postar os sonetos dele aos poucos....

Fєrnαndєz ♠♠ disse...

é triste quando vai-se um poeta.

http://terza-rima.blogspot.com/

Hilton Valeriano disse...

sir Rommel, você está diferente nessa foto... agora a poesia dele entra para a eternidade...

Lord Rommel Werneck disse...

Pois é, estive na missa de réquiem de trinta dias no último domingo na Igreja do bairro Campestre. Com certeza,um grande símbolo literário do ABC.

Sir Hilton, realmente, eu estava com 16 anos naquela época, mas eu já escrevia de um modo meio gótico, ah tipo, eu já fui nerd. hee Mas na época eu já tinha umas ideias malucas. Eu usava calça cápri com meia 3/4 ficava bem retrô!!!

Lord Rommel Werneck disse...

A poesioa dele já é eterna faz tempo, desde que foi feita. PRESENTE ETERNO.



"Nestas linhas com o tempo crescerás.
E enquanto nesta terra houver um ser,
Meus versos vivos te farão viver."
William Shakespeare

Vitor de Silva disse...

Morre um poeta na Terra, nasce uma estrela no céu.

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).