sábado, 6 de agosto de 2011

QUE ROMÂNTICO! Releitura


Soneto

Corre nos campos virgem inocente,
Corre tão linda! pálida donzela.
Oh! Corre em seu Corcel, um anjo a vela
Enquanto sonha o menestrel demente

A noite cai, donzela, o teu dossel
Espera os sonhos teus, durma! Em plenitude
Suspira por ti, notas no alaúde
Suspira por ti, triste menestrel

No campo, como quadro de aquarela
Corre pálida, pálida donzela
Corre, virgem maviosa, em seu corcel

No pálido alaúde, toca um hino
Geme o arco nas cordas do violino
Geme o peito no pobre menestrel

Por: Ronan Fernandes

VII/XI/MMXI
00:54 o'clock

3 comentários:

Sérvulo Stefan Capistrano Souza disse...

Brincar com as palavras só com Ronan mesmo. Incrível texto. De uma riqueza imensurável. Sutil e feroz ao mesmo tempo. Impecável.

Edir Pina de Barros disse...

Belíssimo!

Sαbbαhαnα Cαvαlcαnti. disse...

Nunca vi nada igual...
Perfeito, e tocante.

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).