terça-feira, 9 de novembro de 2010

EXÍLIO

De mim me encontro longe nesta tarde fria,
Não sinto dor qualquer, tristeza ou saudades,
Não tenho mais desejos, sonhos, vaidades,
Nem mil fulgores que outrora em mim sentia...

Sozinha vago dia e noite, noite e dia,
Não levo dentro em mim certezas nem verdades,
Deixei aquém os meus amores, amizades...
Andejo só e nada levo! Estou vazia!

Vazia de mim mesma calma e só prossigo...
De tudo estou liberta! Leve sigo adiante...
Restou-me só etérea alma que flutua!

Na aurora que já vem encontro o meu abrigo.
Imensa paz eu sinto neste raro instante
Em que sozinha vago, de mim mesma nua!

3 comentários:

Hilton Valeriano disse...

Edir, uma grande romântica do século XXI! Belo soneto!

samuelvigiano disse...

Adorei este...
Me da nostalgia de algumas coisas e lugares...
Parabéns!!!

L.Rommel Werneck disse...

Basta voltar sempre, ainda mais agora com as novidades!

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).