segunda-feira, 30 de agosto de 2010

MORREM OS SONHOS

Morrem os sonhos, todas as quimeras,
Depois de agonizar com mil esperas,
Quais rosas pelo vento desfolhadas,
Nas mais eternas, frias madrugadas!

Morrem os sonhos como morrem as flores,
Perdendo seus encantos, seus olores,
Iluminados tons dos mais singelos...
Pois são de areia todos seus castelos!

Os sonhos morrem quais as borboletas
Que se atirando nos faróis da vida,
Desfazem-se na luz, em mil pedaços!

Morrem os sonhos se não há poetas,
Que os recolhendo, dão-lhes luz, guarida,
E façam versos com seus estilhaços!

2 comentários:

Hilton Valeriano disse...

Obra prima! Será a poeta mais talentosa do grupo Poesia Retrô?

L.Rommel Werneck disse...

Adorei o esquema rimático nos quartetos! Eu que me pergunto, Hilton! Afinal, é muita gente talentosa, fico perdido. Mas uma coisa é certa, este é um dos melhores de Edir

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).