sexta-feira, 12 de novembro de 2010

NOTURNOS

A vida não é sempre um arco-íris,
com suas cores tão formosas, belas,
que mais parecem ternas aquarelas,
e se refletem dentro em nossa íris.

Nem sempre há chuvas calmas, mansas
Formando mil gotículas no ar
Com arco-íris contra a luz solar,
Anunciando novas esperanças...

Noturnos são por vezes nossos dias,
Com nuvens densas, tristes, carregadas,
Anunciando forte tempestade...

Não há no céu as nuvens alvadias,
Apenas sóbrias, longas madrugadas
Prenhes de solidão e de saudade!

2 comentários:

L.Rommel Werneck disse...

"A vida não é sempre um arco-íris," hahaha

Adorei!


Edir, não tem esse "sempre" A vida nunca é um arco-íris! kkkkk É mais pessimista ainda a situação kkkkk

Hilton Valeriano disse...

Gosto desse aforismo de Emil Cioran: "O paraíso é a ausência do homem".

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).