domingo, 21 de novembro de 2010

NÉVOAS


Nas névoas de mim mesma estou perdida!
Há labirintos tantos! Mil ciladas!
E não encontro rastros, nem pegadas
Daquela a quem, outrora, dei guarida...

Não há retornos que me levem a mim!
Distantes vão os sonhos meus celúreos,
Meus pulcros arrebóis, dos mais purpúreos,
Com seus doces olores de jasmim...

E nessa erma estrada sigo adiante,
Nesta cinérea vida, tão plangente,
Na intransponível bruma fria e triste!

Não há na minha vida qualquer chiste
Que alegre meu viver, meu pobre ente
Outrora qual um sol irradiante!

2 comentários:

Aмbзr Ѽ disse...

sonetos são uma maravilha, este esta angustiado, visceral, e muito bem elaborados.

http://terza-rima.blogspot.com/

L.Rommel Werneck disse...

A autora é ótima, ela escreve sonetos, rondéis, indrisos, poemas longos de várias temáticas

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).