sábado, 9 de março de 2013

Que Romântico! - Cheio de luz



Cheio de luz

Omnis ars validum est.

Por que? Se o maioral te fez ferir
Suas máculas podres no sudário?
E te mostrou, nas cruzes do templário,
Seu sangue se escorrendo no organdi?

Não foi, oh mestre, este o teu salário?
Seu discordar, seu pálido martir?
O que serás no gélido porvir?
Um anjo! Porém triste e solitário!

És anjo e és demônio. És só e eterno
E a brisa das estrelas que descreu,
Te quebrou o teu laço mais fraterno...

Tu estás preso na pedra que escolheu
Mesmo na escuridão do teu inferno...
Resta a luz que, por hora, não morreu.


Por: Ronan Fernandes
IV/III/MMXIII
Au lever du soleil


fonte da imagem: http://cursoflaviomello.blogspot.com.br

2 comentários:

Colombina disse...

Lindo poema! Ótimo nesse tempo quaresmal! =D

Esse blog agora resolveu publicar dias em algarismos romanos? Ha ha! Muito boa ideia! Combinação perfeita para o estilo retrô.

Ronan Fernandes disse...

Na verdade, algarismos romanos é uma marca minha, tanto como colocar a hora... Mas, a ideia é dar um tom mais retro! :D hahahah ^^ Obrigado.

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).