terça-feira, 25 de outubro de 2011

(Cemitério do Honório Lemes - Foto por Derek Soares Castro)

Cristo Marmóreo

Se este Cristo marmóreo escutasse
Os segredos que um dia trocamos,
As promessas que outrora juramos,
— Ah, talvez que Ele a rir se cansasse;

Se este Cristo marmóreo lembrasse
Dos amores que nós sustentamos,
Tudo aquilo que nós partilhamos,
— Talvez Ele hoje, então duvidasse.

Se o que rimos aos nossos vint'anos,
Ais d'amor, ais de sonhos e enganos...
E se então tivesse olhos e visse,

Os espectros que nós hoje somos,
Tão mudados daquilo que fomos...
— Talvez Ele a chorar se partisse.

Derek Soares Castro

* Versos Eneassílabos em Gregoriano Anapéstico (3ª, 6ª e 9ª)
*Adaptação em soneto do epitáfio “A Pedra” de Carlos Amaro.

Um comentário:

Poesia Retrô www.poesiaretro.blogspot.com disse...

Parabéns pelo trabalho. Excelente releitura.

Já atualizei a seção de parcerias

REVIVALISMO LITERÁRIO


Poesia Retrô é um grupo de revivalismo literário fundado por Rommel Werneck e Gabriel Rübinger em março de 2009. São seus principais objetivos:

* Promoção de Revivalismo;

* O debate sadio sobre os tipos de versos: livres, polimétricos e isométricos, incluindo a propagação destes últimos;

* O estudo de clássicos e de autores da História, Teoria, Crítica e Criação Literária;

* Influenciar escritores e contribuir com material de apoio com informações sobre os assuntos citados acima;

* Catalogar, conhecer, escrever e difundir as várias formas fixas clássicas (soneto, ghazal, rondel, triolé etc) e contemporâneas (indriso, retranca, plêiade, etc.).